0

Foto: SJDHDS

A Central de Intérprete de Libras, mantida pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS), é um serviço fundamental para pessoas surdas que se comunicam por meio da Língua Brasileira de Sinais (Libras). Em 2020, com a pandemia, a Cilba ampliou seus atendimentos online, auxiliando 1.358 pessoas com deficiência que precisaram de serviços ofertados pelo poder público, a exemplo de consultas médicas, julgamentos, depoimentos na Justiça, dentre outros.

“A comunicação é fundamental para todas as pessoas e o nosso esforço na Cilba é para garantir a inclusão das pessoas com deficiência auditiva e facilitar o acesso deles aos serviços públicos, quebrando barreiras e garantindo direitos”, disse o superintendente dos Direitos da Pessoas com Deficiência da SJDHDS, Alexandre Baroni.

A central ainda foi responsável pela tradução em Libras de 156 vídeos com diversos conteúdos, produzidos pela Secretaria de Comunicação, SJDHDS e outros orgãos. A Cilba funciona de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 12h e das 13h30 às 17h30, com intérpretes à disposição de surdos e de órgãos públicos.

Para utilizar o atendimento da Central, é preciso realizar um cadastramento, apresentando Carteira de Identidade, CPF, cópia da audiometria. No caso de solicitação de intérprete por uma instituição, deve-se encaminhar um ofício com cinco dias úteis de antecipação para o e-mail: cilba@sjdhds.ba.gov.br. Mais informações podem ser obtidas nos telefones (71) 3115-0308 e (71) 99905-0374.

Fonte: Ascom/SJDHDS

Luana Marinho

Link

Redação
Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br

Registrada reinfecção da covid com variante do vírus em paciente

Artigo anterior

Feira de Santana recebe franquia experimental de chocolates finos produzidos pela agricultura familiar

Próximo artigo

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em BA