Foto: SJDHDS

A Central de Intérprete de Libras, mantida pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS), é um serviço fundamental para pessoas surdas que se comunicam por meio da Língua Brasileira de Sinais (Libras). Em 2020, com a pandemia, a Cilba ampliou seus atendimentos online, auxiliando 1.358 pessoas com deficiência que precisaram de serviços ofertados pelo poder público, a exemplo de consultas médicas, julgamentos, depoimentos na Justiça, dentre outros.

“A comunicação é fundamental para todas as pessoas e o nosso esforço na Cilba é para garantir a inclusão das pessoas com deficiência auditiva e facilitar o acesso deles aos serviços públicos, quebrando barreiras e garantindo direitos”, disse o superintendente dos Direitos da Pessoas com Deficiência da SJDHDS, Alexandre Baroni.

A central ainda foi responsável pela tradução em Libras de 156 vídeos com diversos conteúdos, produzidos pela Secretaria de Comunicação, SJDHDS e outros orgãos. A Cilba funciona de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 12h e das 13h30 às 17h30, com intérpretes à disposição de surdos e de órgãos públicos.

Para utilizar o atendimento da Central, é preciso realizar um cadastramento, apresentando Carteira de Identidade, CPF, cópia da audiometria. No caso de solicitação de intérprete por uma instituição, deve-se encaminhar um ofício com cinco dias úteis de antecipação para o e-mail: cilba@sjdhds.ba.gov.br. Mais informações podem ser obtidas nos telefones (71) 3115-0308 e (71) 99905-0374.

Fonte: Ascom/SJDHDS

Luana Marinho

Link

Qual sua reação?

Animado
0
Feliz
0
Apaixonado
0
Não sei
0
Bobo
0
Redação
Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *