Conecte-se conosco

Esportes

Brasil inicia luta pelo penta paralímpico contra J

Publicado

em

O sorteio dos grupos do futebol de 5 (para deficientes visuais) na Paralimpíada de Tóquio (Japão) colocou os anfitriões no caminho da seleção brasileira. Os japoneses, inclusive, são os primeiros rivais na busca pela quinta medalha de ouro paralímpica na modalidade. Além deles, China e França também integram o Grupo A do torneio. A definição das chaves ocorreu nesta segunda-feira (14) em Tóquio.

O grupo B reúne Argentina (bronze na Paralimpíada Rio 2016), Marrocos, Espanha e Tailândia.  A definação da chave ocorreuA disputa do futebol de 5 em Tóquio ocorrerá entre 29 de agosto e 4 de setembro. As equipes se enfrentam dentro das próprias chaves e os dois melhores se classificam para as semifinais.

“A chave do Brasil ficou forte, mais equilibrada do que a outra. Mas o que sempre digo aos atletas é que, para serem campeões, não podem escolher adversário. Primeiro, temos de nos classificar. Vamos passo a passo”, analisou o técnico Fábio Vasconcelos, em depoimento ao site da Confederação Brasileira de Desportos de Deficientes Visuais (CBDV).

futebol de 5 - seleção brasileira -Rio de Janeiro, 17 de setembro de 2016. - JOGOS PARALÍMPICOS RIO 2016 - Futebol de 5 - Brasil x Irã.

“Acho que caímos em um grupo forte, com quatro equipes qualificadas”, disse o ala Ricardinho (aol lado do camisa 9), considerando o melhor do mundo no futebol de 5 – Alaor Filho/MPIX/CPB/Direitos Reservados

Dois dos três adversários da primeira fase já estiveram no caminho brasileiro em edições anteriores dos Jogos. Contra os chineses, foram quatro partidas em Paralimpíadas, com um empate e três vitórias – uma delas por 2 a 1, na final de 2008, em Pequim (China). Quatro anos depois, em Londres (Reino Unido), a seleção nacional conquistou o ouro superando os franceses por 2 a 0.

“Acho que caímos em um grupo forte, com quatro equipes qualificadas. França e China já ganharam medalhas de prata em Paralimpíadas, e a China, principalmente, vem alcançando bons resultados. Vale destacar a evolução do Japão. Acompanhamos esse último Grand Prix [torneio realizado em Tóquio, há duas semanas, sem participação do Brasil, vencido pela Argentina] e percebemos que, taticamente, eles estão organizados defensivamente e saindo bem para o ataque, mostrando que a metodologia de treinamento tem sido bastante eficaz”, destacou o ala Ricardinho, considerado o melhor jogador do mundo no futebol de 5. 

Na história da modalidade na Paralimpíada, o Brasil esteve em quadra 22 vezes, com 17 vitórias e cinco empates, conquistando o ouro nas quatro vezes que o esporte esteve em disputa nos Jogos. A seleção não é derrotada no tempo normal em uma partida oficial há oito anos. Além disso, desde o vice na Copa do Mundo de 2006, os brasileiros somente não ocuparam o topo do pódio em algum torneio que disputaram na Copa América de 2017, quando levaram a prata e tiveram interrompida uma sequência de 24 títulos seguidos.

Lincoln Chaves – Repórter da TV Brasil e Rádio Nacional

Link

Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda PODCAST RBN

TENDÊNCIA