0

A Associação Médica Brasileira (AMB) e mais de 50 sociedades de especialidade médica lançaram nesta segunda-feira (15) o Comitê Extraordinário de Monitoramento Covid-19. O objetivo do grupo é monitorar a pandemia em todo o território nacional e as ações dos órgãos responsáveis pela saúde pública. O comitê funcionará permanentemente enquanto durar a pandemia e vai transmitir orientações atualizadas para os cidadãos e para os profissionais de medicina.

Em carta aberta, as associações de médicos defenderam a vacinação em larga escala, o distanciamento social e a conscientização da população quanto às regras de prevenção contra o contágio do novo coronavírus.

“O momento torna necessárias comunicações recorrentes com esclarecimentos e orientações à saúde, por mais simples que pareçam. São elas a vacina, o combate às fake news e a conscientização individual e coletiva para as medidas de prevenção”, diz o texto.

O documento destaca ainda o momento grave da pandemia e pede “união das inteligências” do país. “O Brasil requer união de suas inteligências, da soma de conhecimentos científicos, de estratégias unificadas e ação imediata. Não pode prevalecer a máxima do cada um por si. Nós, médicos, por ética, retidão e compromisso com os pacientes, dizemos claramente à Nação: o controle da situação nos foge às mãos, pois não estão sob nosso comando as ações, nem a gestão de saúde”, diz ainda a carta.

Bruno Bocchini – Repórter da Agência Brasil

Link

Redação
Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br

Corpo de Bombeiros realiza desinfecção na Ceasinha do Rio Vermelho

Artigo anterior

Superliga: Minas Tênis Clube bate Blumenau e é o 1º semifinalista

Próximo artigo

COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar