0

O ginasta Arthur Nory recuperou as 33 medalhas que haviam sido roubadas na última sexta-feria (5), durante um furto a sua residência, graças a uma denúncia feita à Polícia Militar do Estado de Sâo Paulo (PMESP). No final da tarde de ontem (9), ao averiguar a informação, agentes do 14º Batalhão Militar Metropolitano foram à Rua Teotônio Viléla, no bairro de Osasco, e encontraram numa lixeira uma caixa com as medalhas do atleta, junto à uma carta em que o ladrão disse estar arrependido. 

Entre as medalhas furtadas estavam três comendas conquistadas no Pan-Americana de Lima (Peru), em 2019. Já o o bronze olímpico no solo e o ouro conquistados nas barras fixas no Mundial de 2019  não chegaram a ser levados, pois estão guardados em outro local.



Agência Brasil

Link

Redação
Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br

Sepromi e Corpo de Bombeiros alinham parcerias para combate ao racismo

Artigo anterior

Uefs efetua inscrições virtuais para novos alunos no Universidade Para Todos

Próximo artigo

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Esportes