0

A Amávia Cosméticos vai investir R$ 3 milhões na ampliação de sua unidade industrial em Lauro de Freitas, onde serão criados 51 novos empregos diretos e mantidos os 50 existentes. Os dados constam no protocolo de intenções assinado na segunda-feira (30), com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE). O investimento vai permitir um incremento de 277 mil kg/mês na capacidade produtiva, fazendo a empresa quase triplicar sua produção atual, chegando a 420 mil kg/mês. Serão fabricados álcool gel, shampoo, condicionador e creme.

“O que limitava nosso crescimento era a capacidade de investimento e a concessão dos incentivos vai nos ajudar a crescer e aumentar nossa competividade. Temos potencial para ser uma empresa de grande porte. A ideia é um crescimento exponencial, saindo de 50 funcionários para 1,5 mil em até 10 anos. Fabricamos produtos para cabelo e queremos ampliar para coloração capilar e perfumaria, além de desenvolver produtos para o cuidado da pele”, afirma Emerson Ferreira, diretor Industrial da Amávia.

“A Amávia é uma fábrica 100% baiana que vem ganhando muita expressão em todo Brasil. O crescimento da empresa movimenta a economia do município, além de gerar emprego e renda na região. Saber que a marca tem um planejamento de futuro, bem estruturado, alimenta nossa esperança de um futuro promissor para o povo de Lauro de Freitas”, declara o vice-governador João Leão, secretário da pasta.

Ainda segundo o diretor da Amávia, o incentivo será um divisor de águas e permitirá que a empresa inicie o processo de ampliação. A marca, que já está presente em 15 estados, planeja chegar na maior parte das grandes cidades do Brasil. A perspectiva é fechar 2021 com 5 mil consultoras. A companhia fortalece a rede local e dá preferência aos fornecedores baianos, tanto as embalagens, quanto os rótulos são da Bahia, além disso, fomentam a economia local empregando pessoas de Lauro de Freitas.

Setor de cosméticos

Lauro de Freitas tem uma vocação natural para área da beleza. Além da Amávia, já tem um outro empreendimento incentivado no município, que produz fragrâncias, e outro de produção de cosméticos, com ampliação prevista para 2021. A Martins Brasil Indústria e Cosmético vai investir R$ 700 mil na sua unidade e gerar 20 novos empregos.

Fonte: Ascom/Secretaria do Desenvolvimento Econômico (SDE)

Milena Leal

Link

Redação
Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br

Secti debate sobre redes sociais, internet e dados nesta quinta (3)

Artigo anterior

Cai em 2019 pessoal ocupado nas administrações estaduais e distritais

Próximo artigo

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em BA